href='https://sites.google.com/site/gerenciandoblog/arquivos/paginacao-abu-farhan-01.css’ rel='stylesheet' type='text/css'/>

Minha Perda de Peso

quinta-feira, 15 de março de 2012

Gostoso, saudável e light!

Eu sempre amei comida Japonesa, mas com a dieta tenho abusado ainda mais, Além de gostoso, é saudável e leve nos dias quentes como os últimos.
Os ingredientes do sushi combinam perfeitamente com a minha dieta de reduzir o consumo de carne vermelha e carboidratos. Quando é feito, como veremos, alimentos enlatados ou artificiais são evitados e a variedade de ingredientes é surpreendente e agradável, se não tentadora.
Sushis são ricos em proteína e minerais como cálcio, fósforo e ferro por isso, com apenas uma peça de sushi é possível encontrar boa parte das substancias necessárias para o bom funcionamento do organismo. O vinagre adicionado ao arroz tem propriedades antibacterianas previne contra a fadiga e diminui o risco de arteriosclerose e hipertensão. Os mariscos ( eu passo) são conhecidos por suas propriedades rejuvenecedoras, especialmente da pele.
Ou seja: o sushi é realmente uma comida saudável em toda a extensão da palavra.
Ingredientes:
Arroz: o arroz é a principal matéria prima dos sushis e é ótima fonte de carboidratos.
Peixe cru: o peixe cru traz proteínas de alto valor biológico omega 3, 6 e 9 e pouca gordura “ruim”.
Alga: a alga contém espirulina. Uma substancia que ativa o sistema nervoso e é importante fonte de fibras. Grande dica para quem tem intestino preso.
É um alimento que tem baixo teor de calorias, desde que não sejam fritos (os deliciosos hots né?), oferecem carboidratos, tem a proteína de alto valor biológico. As vitaminas e gorduras boas ajudam a melhorar o crescimento da massa muscular e melhora da imunidade.
Mergulhar a peça no shoyo ou comer demais pode trazer problemas para a saúde. A escolha do prato também influencia. Um sushi tradicional possui de 27 a 50 calorias. Já o hot pode variar de 90 a 120 calorias.
Bom senso é essencial. O peixe, por exemplo, é rico em proteínas, mas quase não possui ferro, por isso pode causar uma ausência dessa substância no organismo. Outro ponto negativo, é que eles são pequenos e a pessoa come muito sem sentir e ultrapassa o valor calórico ideal.

Alguns cuidados com os acompanhamentos meninas!

Shoyu: Muita gente gosta de encharcar o sushi de shoyu. Isso não deve ser feito. O certo é colocar pouco shoyu, apenas na parte do peixe, para não alterar muito o gosto do sushi. E preferencialmente o light, ok? Tem o mesmo sabor e menos da metade de calorias.
Wasabi : Serve para limpar as papilas gustativas e é antibactericida. Nisso eu realmente exagero!
Gengibre: É ótimo para aumentar a imunidade e limpa as papilas gustativas, é útil para eliminar resquícios do sabor das peças ingeridas anteriormente. Assim dá pra aproveitar o gosto de cada sushi na sua plenitude.
Ao comer as algas, as pessoas também ingerem bactérias marinhas que contêm o código genético para secretar uma enzima digestiva capaz de quebrar as algas em moléculas menores. A descoberta mostra que os alimentos e a maneira como os preparamos têm o potencial de influenciar a flora intestinal do homem.

Muito bom não? Eu sou fã . Tão fã que namoro um sushiman amador e hoje vou me acabar no sashimi hoje!

2 comentários:

  1. aiiii
    sushi feito em casa...amei!
    eu quero!
    Beijão,
    Mel

    ResponderExcluir
  2. Nooooooooooooossa, eu simplesmente AMO comida japonesa :) Morri de vontade agora. O bom é que é super saudável, dá pra aproveitarmos bastante, hehe.
    E sobre os chocolates, eu amo os bombons de licor também, de tequila é maravilhoso !
    Um beijão e boa sorte.

    ResponderExcluir